É bem provável que você já tenha ouvido falar de artrite e artrose, doenças que atingem as articulações. Sabia que, além dos humanos, os animais também podem ser acometidos por essas patologias? É comum encontrar um cachorro com dificuldade para andar, alterações na postura ou com inchaço nos joelhos. Esses são alguns sinais que podem indicar que o animal está com problemas articulares, que atingem, principalmente, aqueles de médio e grande porte e os mais velhos. Porém, os bichinhos mais jovens também podem desenvolver doenças nas articulações.

Artrite e artrose são patologias que causam limitação nos movimentos, além de dores agudas ou crônicas de difícil controle. A primeira é uma inflamação da articulação e pode ocorrer em função de fatores genéticos, traumas por quedas, infecções, má nutrição, dentre outros. Já a segunda é caracterizada por um processo degenerativo das estruturas que compõem a articulação e afeta geralmente os mais velhos e aqueles com pré-disposição genética. A artrose representa cerca de 70% dos problemas de articulação nos cães e pode ser decorrente da artrite.

Fatores como a idade, obesidade e dietas inadequadas estão associados ao desenvolvimento dessas doenças. Para manter saudáveis as articulações do animal é importante controlar o peso. Além disso, também é possível fazer a suplementação com colágeno para as cartilagens.

O UC-II® é um nutracêutico inovador que tem a função de diminuir o desgaste nas articulações e tem uso veterinário. O ativo age para reduzir a dor, o desconforto, a inflamação e assim melhorar a flexibilidade e a mobilidade articular.

O produto é indicado para uso em animais com doença articular degenerativa. O suplemento dessensibiliza o sistema imunológico e ajuda a manter a saúde das articulações. Além disso, o ativo pode ser adicionado em formulações com outros ingredientes.

UC-II® ainda tem como vantagem ser agradável ao paladar, pois tem sabor neutro e por isso não interfere no sabor final das formulações, garantindo assim a facilidade do animal em consumir o suplemento.


Confira as dosagens:
Animais domésticos com menos de 20 kg: 20 mg por dia
Animais domésticos com mais de 20 kg: 40 mg por dia
Animais de grande porte: 320 mg e 640 mg por dia


O produto tem estudos que garantem que ele é seguro e você pode acessar aqui.

Encontre nas melhores farmácias de manipulação.


Quer receber novidades?